Sergio Ramos, capitão do Real Madrid, analisou a vitória da equipe merengue por 0-1 contra o Real Valladolid em uma partida difícil, que fez o Madrid assumir a liderança da La Liga.
“Nenhum campo é fácil e todas as equipes demonstram isso. Sabíamos que seu esquema era difícil, com esse 4-4-2 era mais complicado achar espaços, estavam muito fechados. A primeira parte foi um pouco mais dura, mas na segunda encontramos mais espaços e por fim, em uma segunda jogada, Nacho conseguiu marcar. Nos vamos muito felizes com o objetivo, somar três pontos e conquistar a liderança. Agora, continuar somando”, declarou o camisa 4.
Liderança
“É importante. É muito cedo, a Liga é muito grande e se vê em qualquer partida que cada vez mais é complicada, como diz todo mundo. Pode perder pontos em qualquer campo e contra qualquer equipe. Vamos continuar indo partida a partida e continuar nesta dinâmica: com muita personalidade, muita iniciativa. As vezes não se pode jogar, mas sempre tentamos, que se veja um Madrid com compromisso e identidade.”
Abraço de Nacho em Zidane
“É muito bom. Resume a união do grupo, que é fundamental. O equilíbrio gira na união do grupo. Ainda que alguns joguem menos, todos estão preparados. É um abraço de toda a equipe. Todos lutamos pelo mesmo objetivo e se vê nesses pequenos detalhes.”
Partida após lesão
“Tinha uma torção de segundo grau e havia afetado um ligamento. Estava desejando voltar depois da Supercopa e foi em tempo recorde. Tomara que eu possa contribuir meu nível máximo para a equipe.”