Em carta enviada à RFEF, o Real Madrid se declara contra à realização do jogo entre Villarreal e Atlético de Madrid no dia 6 de dezembro em Miami, Estados Unidos, válido pela La Liga.

Tal mudança parte do interesse de Javier Tebas, comandante do campeonato espanhol, de popularizar a competição com jogos sendo realizados em solo americano. Acordo que gerou polêmica entre clubes e federações.

Conforme a posição merengue, a igualdade da competição poderia ser afetada com a realização da partida fora do território nacional. Além disso, o clube ainda alega ser uma decisão “premeditada” que beneficiaria interesses fora do esporte.

“Em primeiro lugar, destaca-se nossa surpresa não apenas porque a La Liga faz esse pedido, mas porque é feito em um momento em que o campeonato já está bem avançado, o que evidencia uma absoluta falta de previsão ou uma ação premeditada com base em interesses totalmente não relacionados ao esporte…”

Afirma carta entregue pelo Real Madrid à Federação Espanhola de Futebol.

Na próxima quinta-feira (14), ocorrerá audiência prevista em tribunal para solucionar a situação, definindo se o confronto entre as equipes espanholas será ou não nos Estados Unidos. O Barcelona também se manifesta contra a decisão de mudar o local do jogo.

(Foto: Reprodução/ Real Madrid)