Na última quinta-feira (3), o atacante Brahim Díaz promoveu em sua conta no Twitter uma brincadeira de interação com fãs e torcedores. A dinâmica envolveu perguntas feitas pelo público usando a hashtag #askbrahim, que posteriomente foram respondidas.

Entre os questionamentos estava, por exemplo, o gol mais impressionante que o jogador viu. O espanhol respondeu com um GIF do cabeceio de Sergio Ramos diante do Atlético de Madrid em Lisboa, na final da Champions League em 2014.

Em outro post, um torcedor perguntou o apelido dele no Real Madrid. “Brahino ou Brahimo, embora algumas pessoas me chamem de Bryan. Na realidade, ninguém me chama pelo meu nome”, contou.

A respeito do pé mais forte o atleta revelou ter suas habilidades divididas entre ambos. “Costumo driblar melhor com o pé esquerdo, mas chuto melhor com o direito”. O adversário mais difícil que encontrou? “Trent Alexander-Arnold na final do Campeonato da Europa de Sub-19”, explicou.

Sobre o motivo que o fez assinar com o Real Madrid foi direto. “Uma imensa emoção de fazer parte do melhor clube do mundo, e aprender com todos a ser um jogador melhor a cada dia”.

Nem os jogos de vide-game e online ficaram de fora do bate-papo, mas nesse quesito o jogador ficou em cima do muro. Fortnite ou FIFA? “Mãe ou pai”. Ainda no assunto, disse qual dos companheiros de equipe se sai melhor jogando Fortnite. “Não sei quem é o melhor, mas é difícil jogar mais do que [Thibaut] Courtois”.

Uma série de TV favorita? “Fiquei viciado em Prison Break e agora estou ansioso para assistir a nova temporada de La Casa de Papel”. E um tenista preferido? “Essa é fácil: Rafa Nadal”.

O atacante fechou a brincadeira contando sua refeição predileta. “Uma das paellas da minha mãe”, contou.