Você já parou para pensar em quantos jogadores já vimos passar pelo Real Madrid, tanto pelo time principal quanto pelo Castilla? Pois é, são muitos. Separamos alguns jogadores que já tiveram passagem pelo clube e que provavelmente quase ninguém mais lembra, dois deles são brasileiros.

Juan Mata

Juan Mata jogou pelo Real Madrid em 2003, no juvenil do time.


O meia teve seu início no Real Olviedo e jogou no clube por três anos, em 2003 assinou contrato com o Real Madrid e aos 15 anos foi colocado para jogar no Cadete A. Subiu para o Juvenil C e logo em seguida passou para o A. Pelo Juvenil A marcou o gol do título da Copa dos Campeões na final contra o Real Valladolid. No Castilla jogou na temporada 2006-07, estando disponível para o time principal. Depois do Castilla ele teve passagens por Valência e Chelsea até chegar no Manchester United, seu time atual.


Filipe Luis

Filipe Luis treinando ao lado de Arbeloa em 2004. Foto: Arquivo Pessoal/Arbeloa17/Instagram


Em 2004, Filipe foi vendido para o Ajax pelo Figueirense e no ano seguinte para o Rentistas do Uruguai. Foi para o Real Madrid B por empréstimo de uma temporada. Demorou a ter espaço, pois o técnico daquela época, Miguel Ángel, não o tinha muito como opção devido à sua forma de jogo: o lateral atacava mais do que defendia. Filipe ainda conseguiu terminar a temporada como o segundo jogador com mais minutos, atrás de Arbeloa. Florentino Pérez teve interesse em manter Luis no time, como um possível substituto de Roberto Carlos, mas as negociações não deram muito certo. Filipe Luis jogou pelo Deportivo La Coruña e o Atlético de Madrid em sequência, atualmente defende o Flamengo.


Etto’o

Etto jogou pelo Real Madrid em 1997 pela equipe B. Foto: Reprodução/Getty Imagens

O camaronês de 39 anos chegou no Real Madrid em 1997 para fazer parte da equipe B. Acabou sendo emprestado porque naquela época o time estava disputando a terceira divisão e pela regra jogadores não europeus não podiam jogar. Passou pelo Leganés, Espanyol e Mallorca, sendo vendido ao último. Após muitas negociações em 2004 entre Real Madrid e Mallorca, Etto’o acabou aceitando a proposta de 24 milhões do Barcelona. Em 2019 ele encerrou sua carreira.


Fabinho

Fabinho entrando no lugar do Coentrão em uma partida pela La Liga em 2012. Foto: Getty Imagens

Em 2012, Fabinho foi vendido pelo Fluminense para o Rio Ave de Portugal. Na mesma janela de transferência foi emprestado ao Real Madrid, onde jogou ao lado de Nacho, Jesé e Morata pelo Castilla. Teve duas aparições pelo time principal, em uma delas deu uma assistência para Di Maria. Do Real Madrid, Fabinho seguiu para o Mônaco e em 2018 fechou contrato com Liverpool.