A instituição direcionou a denúncia aos comitês de competição e amti-violência. As ofensas ocorreram durante toda a partida do último sábado.

Além de Álvaro Morata, houveram insultos direcionados também ao treinador Rojiblanco Diego Simeone. Segundo o relatório de denúncia publicado pela La Liga, os gritos ofensivos partiram do setor da Grada Fans del Madrid. Leia a nota no parágrafo seguinte:

“Cerca de 1.300 torcedores mandantes, localizados no estande de animação local (atrás do gol), chamados ‘Grada fans RMCF‘ cantaram “Morata és una rata” e “Puto índio el que no bote” aos 32 minutos, segundo a letra. Do mesmo lugar, eles cantaram “Olé, olé, olé, cornudo Simeone“. Já no segundo tempo, a música era “Ay Morata, Ay Morata, nunca lo quisiste ver, siempre fuiste un suplente, en el Wanda púdrete“.”

Ao final da nota, La Liga informa que o restante do público presente no Bernabéu “mantiveram um comportamento adequado durante toda a partida”.

Foto: Diário As/ Susana Vera/ Reuters.