O ‘El Clásico’ retorna aos holofotes do mundo neste domingo (1°) quando Real Madrid e Barcelona se enfrentam no Santiago Bernabéu, às 17h (horário de Brasília) pela 26° rodada do Campeonato Espanhol. Separados por dois pontos na classificação, os clubes vivem momentos de instabilidade na temporada.

Eliminados na Copa do Rei, tanto Real Madrid como Barcelona encaram adversidades na Liga dos Campeões com resultados nada positivos. Enquanto os culés empataram fora de casa com o Napoli, os merengues perderam para o Manchester City em casa e terão dura missão na Inglaterra.

Agora, os clubes focam todas as suas responsabilidades no confronto nacional para superar o momento de instabilidade e dar tranquilidade ao trabalho dos técnicos. A transmissão da partida da Fox Sports Premium, canal avulso da Fox Sports para as exibições do Campeonato Espanhol.

Foco na vitória e recuperação

Se ainda quiser pensar na possibilidade de conquistar o título da competição nacional, o Real Madrid não pode nem cogitar outro resultado a não ser a vitória no Santiago Bernabéu. A dois pontos do clube catalão, o foco no clube é coração, cabeça e união juntos por um resultado positivo.

“É um momento delicado, porque há três jogos que não são vencidos no estádio. Mas quem conhece futebol sabe que essas coisas podem acontecer conosco. Precisamos de um espírito positivo. Coração, cabeça, união, é o espírito de todos aqui. Conversamos e tentaremos que quando algo acontecer conosco em campo, reagiremos em seguida”, disse Zidane em sua coletiva.

Para a partida, Zidane convocou Mariano para dar fim a seca de gols do ataque merengue e não deve fazer grandes mudanças em relação ao time do meio de semana, que encarou o Manchester City. O grande desfalque continua sendo Eden Hazard, que dificilmente voltará para a temporada.

Provável time: Courtois; Carvajal, Varane, Ramos e Mendy; Casemiro, Valverde, Kroos (Modric) e Isco; Vinicius Júnior (Bale) e Benzema.

+ Confira o clima do El Clásico com nosso corresponde direto de Madri

Manter a vantagem e colocar o rival em crise

O Barcelona é líder da competição e sabe que uma vitória nos territórios merengues representará duas situações: a primeira é que a vantagem na liderança pode aumentar e a segunda situação é que impondo a derrota diante do Real Madrid, o seu eterno rival entrará em crise profunda.

“Poderia ser um dia importante, porque uma vitória nos daria uma vantagem de não saber se seria suficiente. Nestes jogos, o passado é esquecido e o que prevalece é o presente. A realidade é que é um clássico, as duas equipes estão sempre acostumadas ao máximo, independentemente da situação”, disse o treinador blaugrana, Quique Sétien.

O clube catalão tem alguns desfalques para a partida, mas “ganhou o retorno” do zagueiro Piqué, que saiu machucado diante o Napoli na última terça-feira pela Liga dos Campeões, mas treinou normalmente no treino deste sábado.

Provável time: Ter Stegen; Semedo, Piqué, Umtiti e Junior Firpo; Busquets, Arthur, Vidal e Rakitic; Messi e Griezmann.