Tendo apenas mais um ano de contrato com a Real Sociedad, a atacante espanhola conversou com a Radio MARCA e não descartou uma futura transferência

Nahikari GarcÍa (23), capitã da Real Sociedad, tornou-se o principal alvo do Real Madrid Feminino. Talentosa, promissora e dona da camisa 7 de Zubieta, a jovem que tem apenas mais um ano de contrato com a equipe de San Sebastián conversou com a Radio MARCA Donostia e falou sobre seu atual momento e seu futuro no futebol, dizendo ser movida a desafios e novas experiências.

“Você nunca pode dizer nunca, vivi isso na temporada passada, comprovei que a vida dá muitas voltas, que sempre temos muito o que pensar e decidir, vamos ver como as coisas ficarão com o passar do tempo” disse a jogadora quando perguntada de seu futuro e da aproximação do Real Madrid Feminino. Questionada sobre do que depende essa decisão, Nahikari disse: “Mesmo que te ofereçam mais, depende do que você sente. Eu sou movida por desafios, emoções e sensações, sigo buscando coisas que me motivem. Quero crescer, aprender, viver muitas experiências e dentro das possibilidades que eu tiver, vou escolher a que mais me motivar“.

Mesmo que te ofereçam mais, depende do que você sente.

nAHIKARI gARCIA PARA A RADIO MARCA donostia (2020)

Também parado pelo Coronavírus, o Futebol Feminino aguarda uma decisão da RFEF e da Liga Iberdrola (a La Liga) para retomar as atividades. “Eu sinto muita falta de competir, sou uma pessoa competitiva, me desgasto muito emocionalmente durante os jogos e sinto falta de estar com o time em campo, de liberar essa energia”, declarou García sobre a falta que sente de jogar. Atacante confirmou que elas aguardam a autorização mas que vão acatar o que a federação decidir, porque entendem o momento e tudo que está acontecendo no mundo com a pandemia.