Um dos assuntos que mais vem sendo comentado atualmente é o retorno do futebol mundial. A paralisação vem causando diversos transtornos, entre eles, a não realização dos treinamentos diários dos atletas. Confinado por conta da quarentena na Espanha, o zagueiro Raphael Varane, revelou por meio de uma chamada a Federação Francesa de Futebol, como está sendo sua rotina de treinamentos e como ele enxerga a possibilidade da volta das competições.

A respeito do período de isolamento social no país o francês disse: “É uma rotina diferente, mas não perdemos o sorriso. Estou com a família, o tempo está bom e há pessoas que estão em situações mais complicadas. Pratico esportes de manhã, todos os dias faço algo, é um prazer, e hoje de manhã tomei chocolate no meu aniversário (25 de abril, sábado). Nós nos adaptamos. Há pessoas que trabalham em hospitais e colocam suas vidas em perigo … não posso reclamar. Você tem que aplaudi-los”.

A preocupação em manter a forma física se mostrou presente na fala do jogador, que aprendeu junto da família a se adaptar conforme o atual momento. “Faço físico, força, um pouco de tudo, uma corrida, e é verdade que você aprimora coisas para as quais não tem tempo na sua vida cotidiana normal, trabalha mais em pontos fracos. Você precisa seguir em frente, mas adoro cuidar da minha família. Pratico esportes com meu filho, pratico na praia … Honestamente, cozinho pouco, se for preciso, minha esposa costuma cozinhar porque ela gosta mais”.

Sobre a volta das competições o zagueiro não quis arriscar, e contou que está apenas vivendo um dia de cada vez. “Você precisa se adaptar, é verdade que chegou a mim em um bom momento e em outros nem tanto, mas espero estar no topo da próxima temporada. Não há data de retorno por enquanto. Vamos lá. Vamos ver primeiro quando voltamos a Madri, treinamentos, partidas, porque vivemos dia a dia. Não há nada preciso por enquanto e não é fácil trabalhar a longo prazo. Vivemos dia a dia”.

Ele finalizou revelando sobre como está mantendo o contato com os outros jogadores do elenco madridista. “Claro, todo mundo está bem. Vamos ver quando podemos nos ver novamente. Receio que eles não me reconheçam (risos). Você muda a aparência de tempos em tempos. Recebi videochamadas. Nós nos adaptamos”, concluiu.

Foto: Getty Images Sport/Quality Sport Images