O treinador do Real Madrid, Zinedine Zidane participou na manhã deste sábado (7) da entrevista coletiva que antecede o confronto do clube merengue contra o Real Betis, neste domingo (8) no estádio Benito Villamarín pela 27° rodada do Campeonato Espanhol.

Dentre os principais temas abordados na coletiva, o técnico francês destacou a partida contra o adversário deste final de semana, falou sobre seu futuro no comando do time e sobre alguns jogadores, em especial, Mariano, Bale e Marcelo.

Confira alguns trechos da entrevista:

Partida contra o Betis: “Sabemos da dificuldade, será um jogo difícil em um campo complicado. O Betis tem feito um bom trabalho, apesar de ter dificuldades em seus resultados é uma boa equipe. Será um jogo muito técnico e físico, teremos que dar nosso melhor em campo para vencer”.

Cargo: “A responsabilidade está aí. É uma sorte estar aqui. Minha paixão, além da minha família, é o futebol. É um orgulho estar neste clube e trabalhar aqui”.

Seu futuro: “A segurança de que você vai continuar não existe. Importa o que eu faço a cada dia. Me sinto respaldado pelo clube. Atiramos todos para o mesmo lado, mas sabemos como isso funciona. Hoje sou treinador do Madrid, mas isso pode mudar. Não há chamada de ninguém. É uma alegria viver cada dia com meus jogadores”.

Mariano: “Aconteceu igual com os outros, você precisa estar preparado. Só isso. Fazer a lista toda semana é complicado”.

Bale: “Ninguém está acima de ninguém. Você precisa estar preparado para cada jogador adicionar. Eu sei como os jogadores pensam e que sempre querem jogar”.

Problemas com as equipes abaixo: “Não há uma coisa em particular. Sempre tentamos dar tudo em campo, mas nem sempre sai. É em tempos de dificuldades que você precisa ver uma equipe. Não se trata apenas de vitória, para vencer. Se você fizer o que é certo e se esforçar, temos muitas opções para ganhar pela qualidade que temos. O título é para um time, os outros são que são bobos. É dar tudo para tentar vencê-los. “

Mensagem para os jogadores: “Trata-se de transmitir o que você tem por dentro, sendo como é. Se não, é complicado”.

Marcelo: “Falava muito, bom, ruim … Marcelo é Marcelo, sabemos o que ele pode nos dar. É muito importante para nós. Estou muito feliz com a partida contra o Barcelona”

Hazard: “Conversei com ele após a operação e ele está bem. Funcionou bem e ele está melhor. Espero que ele volte rapidamente. Não vou marcar uma data. Espero que ele jogue conosco antes do final da temporada”.