Ancelotti dá entrevista coletiva e assegura força máxima na Copa do Rei

A um dia do duelo contra o Elche pelas oitavas da Copa do Rei, Carlo Ancelotti compareceu à sala de imprensa em Valdebebas e falou sobre o confronto; confira.

Confira todas as declarações de Ancelotti

Paco Gento: “Queria começar por homenagear a memória de Gento, uma figura irrepetível que ficará para sempre nos nossos corações”.

Momentos com Paco Gento: “Eu o encontrei algumas vezes na primeira passagem, não nesta segunda. Falei com sua esposa e ela me contou anedotas. Ele era uma pessoa muito simples, como as que eu costumo gostar”.

Baixas: “É uma final, um mata-mata que nos dá muita esperança, como todas as competições. Precisamos estar preparados porque o Elche está em uma boa dinâmica, tendo vencido sete dos últimos dez jogos. Courtois está indisposto e que não poderá jogar. Temos também as baixas de Asensio, Vallejo Mariano e Carvajal”.

Hazard: “Nada aconteceu, só que há competição na equipe e eu tenho que escolher o melhor em cada jogo. Isso afeta muitos jogadores, não posso negar. Nada aconteceu, ele está treinando e esperando. Claro que estará pronto quando chegar a sua chance”.

Courtois: “Não é algo sério, apenas uma indisposição por alguns dias. Tenho certeza que chegará até domingo. Não posso dizer mais sobre sua privacidade”.

Bale: “Está bem. Ele não foi para a Arábia, treinou aqui e está disponível. Ele estará na convocação e todos aqueles que estiverem terão a chance de jogar desde o início, após o início ou também pode acontecer que eles não joguem”.

Condição física de Vini Jr.: “Acho que ele tem que parar de jogar quando o vermos cansado, quando não consegue mostrar sua qualidade em campo ou quando está lesionado. Dar descanso pra ele porque ele pode estar cansado daqui a dois meses, não. Se cansar em dois meses, eu troco; agora, realmente, não o vejo cansado, então acho que ele pode jogar”.

Possíveis vendas

Saída de Hazard: “Neste momento ainda é um jogador do Real Madrid, está treinando, concentrado… Não temos mais nada em que pensar. Não, não falamos sobre uma saída. Ele não discutiu icom o médico porque ele teria me contado. Acho que esse tópico foi esquecido por Hazard”.

Bale e Hazard: “Nada de estranho aconteceu entre nós, simplesmente que há competição e o treinador, que sou eu, tem que escolher o melhor para cada jogo. Tento ser justo e escolher o melhor. Às vezes você é muito bom e não joga; Também estou falando de Nacho, Ceballos, Isco, Jovic…”.

“É verdade que os dois tiveram muitos contratempos devido a lesões. Hazard vem se saindo bem do ponto de vista físico há um mês e meio. Não preciso aconselhar Hazard, ele tem caráter e experiência para escolher o melhor para ele. A qualidade dos dois poderia ter nos ajudado mais, mas foi apenas a primeira parte da temporada. Espero que o segundo semestre possa ser melhor”.

Saídas de jogadores em janeiro: “A gestão deste plantel não é complicada, pois os jogadores são muito sérios, o ambiente é muito bom entre eles. Não tive nenhum problema com ninguém e não vou ter porque o profissionalismo deles é muito alto, tenho que dizer, de verdade. A equipe, pelo caráter e personalidade de cada um, é capaz de ter assim uma atmosfera muito positiva”.