Carlo Ancelotti demonstrou-se satisfeito com a postura da equipe merengue em campo

Carlo Ancelotti destacou o espírito de luta do Real Madrid para vencer o Valencia de virada por 2 a 1 neste domingo (19), no Estádio Mestalla pela LaLiga. Na entrevista coletiva, o treinador frisou a importância dos três pontos longe de casa.

“Tenho um elenco que luta, jogando bem ou mal. Essa é a sensação que saio daqui hoje. Não vencemos pela qualidade, mas sim, por conta deste espírito indomável da equipe. Lutamos até o fim. Somos uma equipe jovem. E sou o primeiro a dizer isso, não estamos apresentando um futebol espetacular, temos que ser mais agressivos com a bola”.

O treinador, ainda assim, elogiou a postura da equipe em campo e afirmou que foi a melhor partida apresentada pela equipe nas cinco rodadas da competição.

Durante sua fala, Ancelotti também falou sobre Benzema, Vinicius Júnior e explicou o motivo da saída de Carvajal.

Confira mais da coletiva de Ancelotti:

O jogo: “Não jogamos bem no primeiro tempo, até saímos bem, mas ficamos atrás. E quando se fica atrás te marcam. No segundo tempo fomos melhor mais frescos. O Valencia vinha bem fez bons jogos e nós estamos vindo da Champions e isso se notou no início”.

Vinícius e Benzema: “São atacantes do Real Madrid, E temos sorte de tê-los aqui. Eu estou satisfeito com todos Hazard, Camavinga. Nossos três atacantes foram bem. Principalmente no segundo tempo com o controle do jogo, e com a bola na área são muito perigosos”.

Carvajal: “Teve um pequeno engomado muscular. Amanhã vamos ver o que ocorreu de fato”.

Hazard: “Jogou bem. Buscou soluções e vem jogando bem”.

Alterações: “Fazer mudanças é complicado. Pois, eu mudo muito de ideia. Todos os que entraram no fim foram bem. Camavinga, Isco, Rodrygo e Jovic mudaram a dinâmica do jogo. As cinco alterações foram uma vantagem, pois temos muita qualidade”.

Falta de gol: “Não acho isso pensei isso. Não vejo falta de gol esses jogadores tem qualidade e meu trabalho como treinador é colocar eles em campo”.

Sentimento após a virada: “Tenho um elenco que luta, jogando bem ou mal. Essa é a sensação que saio daqui hoje”.