Karim Benzema desponta como principal jogador e a boa fase neste início de temporada pelo Real Madrid é comemorada pelo centroavante. Contudo, ele revela em entrevista coletiva nesta terça-feira (14) que não há segredo para o bom estado físico.

“Não há segredo. Chama-se trabalho do dia-a-dia. A cada ano me sinto melhor porque cuido muito bem de mim mesma, física e mentalmente, do início ao fim da temporada. Sinto-me muito bem em campo e isso pode ser constatado no jogo. Somos uma equipa muito forte e o meu trabalho é ajudar com assistências e golos porque temos que ganhar alguma coisa no final da temporada. É uma coisa de equipe inteira”.

Atualmente, o francês tem cinco gols marcados em quatro partidas disputadas pelo clube na temporada.

Então, o atacante afirmou que a Liga dos Campeões é uma das competições mais importantes e com maior pressão. Assim, explica que o clube tem uma sintonia maior com o torneio e garante que a equipe vai lutar pelo título.

“Para mim, a Champions League é a competição mais importante e com mais pressão. Todas as equipes são muito fortes e não estamos atrás de ninguém. Estamos aqui, temos uma boa equipe e vamos lutar pela conquista da Champions League. Para nós esta competição é muito importante”.

Confira mais detalhes da coletiva de Benzema:

Champions League: “A Champions League é especial e todas as equipes querem vencer, mas são onze contra onze e em campo não há favoritos. Temos que entrar em campo para mostrar que estamos aqui e queremos vencer. Temos que olhar para nós mesmos e não pensar nos outros”

Lesão no dedo: “Fiz uma cirurgia, mas fiquei dois meses afastado e queria ajudar os meus colegas. Me machuquei de novo e agora não tenho tempo de parar e fazer a cirurgia de novo. É por isso que brinco com o curativo”.

Mbappé: “Falei muito sobre ele. Sabemos que jogador ele é e vou focar no jogo de amanhã”.

“Vini é um jogador de ponta”

O momento espetacular de Vinicius Jr.: “É um jogador jovem, que agora tem experiência neste clube. Ele nos ajudou muito e neste início de Liga ele fez gols. Ele nos ajuda muito com sua velocidade e ele vai fazer durante todo o ano. Eu converso muito com ele, acredito nele e se eu puder ajudá-lo farei porque ele é um jogador de ponta”.

A solução para não sofrer gols: “É um problema para toda a equipe. Estamos em campo para vencer marcando gols e não sofrendo. É um problema que tentamos resolver todos os dias no treino, mas é problema de todos, não dos atacantes ou dos zagueiros”.

Bola de Ouro: “É o sonho de todos os jogadores, mas o mais importante é o que faço com a minha equipe e se os posso ajudar a conquistar títulos, faço. Mereço jogar a este nível”.