Pular para o conteúdo

Com calma, Zidane quer pensar no futuro: “Vou falar com o clube”

Sem dar pistas sobre seu futuro, Zidane fala em tomar a decisão com calma e paciência e que conversará com o clube nas próximas dias

Zinedine Zidane novamente deixou transparecer que ainda não decidiu o que fazer no futuro e por isso, quer ter um tempo com calma para pensar se segue ou não no comando do Real Madrid, que terminou a temporada com vitória ao derrotar o Villarreal neste sábado (22), na LaLiga. O clube foi vice-campeão da competição.

“Com o tempo e com calma, falarei com o clube mais tarde. Agora temos que ter calma e nos próximos dias falaremos sobre isso. Em breve veremos o que vai acontecer. Não só comigo, com tudo o que o clube vai fazer para a próxima temporada”, declarou.

Contudo, o técnico também não quis dar um prazo para dar uma resposta definitiva sobre sua situação. Assim, ele quer apenas descansar após a temporada exaustiva e recheada de problemas envolvendo 65 lesões, mas também com problemas com a covid.

“Demos tudo em campo e sou o responsável por tudo isso. Vamos valorizar tudo isso. O que os jogadores querem é vencer”, comentou o então técnico merengue.

Confira outras declarações de Zidane:

O seu futuro: “A primeira coisa que temos de fazer é agradecer aos nossos torcedores porque apoiaram sempre a equipe de fora. Penso que todas as pessoas podem estar orgulhosas dos jogadores porque deram tudo. Não foi fácil, mas no final ganhamos. Um dia para parabenizar toda a equipe”.

Você quer continuar e seu humor: “O humor está uma bagunça. Se me perguntar isso, essa é a resposta”.

Cargo à disposição do clube: “Não ganhamos nada. Sabemos o que temos que alcançar. Os torcedores são a coisa mais importante aqui. Eles têm que estar muito orgulhosos do que os jogadores fizeram. Nós demos tudo”.

Momento em que a Liga escapou: “É muito difícil, não é um momento muito particular. Talvez aqui em casa, contra o Sevilla. Era importante somar os três pontos aí, não dava para fazer por vários motivos”.

Último jogo para Ramos e Varane: “Tomara que não. O problema é que está todo mundo fora, que se Madrid vende para este ou para outro… espero que os dois fiquem”.

Tem contrato. Existe uma decisão? “Não é hora para isso. Claro que tenho que tomar uma decisão, com calma, com paciência, tenho um contrato”.