Klopp, treinador do Liverpool, aponta Real Madrid como favorito e destaca experiência da equipe merengue

Nesta sexta-feira (27), Jürgen Klopp compareceu à sala de imprensa do Stade de France para última coletiva antes da final. Nesse sentido, o treinador comentou sobre elenco, favorito ao título e vingança de Salah.

A princípio, Klopp destacou o Real como favorito: “Vendo a história e as reviravoltas, eu diria o Real Madrid, por experiência. Mas em termos de nível, acho que estamos no mesmo nível. O Liverpool é um time muito difícil de vencer. Honestamente, não me importo com quem é o favorito”.

Assim como explicou experiência merengue: “Não sei como me sentiria se ganhássemos. Falaremos disso amanhã. Agora só pensamos em lutar muito e vencer. O Real Madrid é o time que é, com jogadores que se vencerem levantariam sua quinta Champions League, seu treinador a quarta. Não podemos comprar esse nível de experiência. Mas é nossa terceira final em cinco anos, não estamos indo mal”.

Por outro lado, falou sobre o sentimento de Salah: “O que Salah sente é normal, ele se machucou muito cedo em 2018. Isso pode motivá-lo, é verdade. Não podemos fazer isso, mas também não podemos resumir tudo a isso. Há muitas razões para dar tudo de nós amanhã. Se vingar de 2018 é uma, mas não a única“.

Por fim, sobre o status do seu elenco: “Muito bem, o time quer muito viver isso. Vejo o Thiago indo bem, treinou ontem e repetiu hoje. Fabinho, o mesmo”.

Confira mais declarações de Klopp

Estado do campo: “Geralmente um novo campo é uma boa notícia. Minha primeira sensação foi boa. E aconteça o que acontecer, será a mesma grama para ambas as equipes, uma boa notícia. Jogaríamos em qualquer grama, não nos importamos”.

Futuro de Mané: “Ele está passando por um momento espetacular, é um prazer vê-lo treinar e jogar. Quanto aos rumores do Bayern, eles não me interessam. Não é a primeira vez que rumores vem de Munique na véspera de uma final”.

Ballon d’Or: “Nos últimos anos foi para Ronaldo, Messi ou alguém que venceu a Liga dos Campeões. Então, é claro, aumentará as chances de quem vencer”.