Real Madrid é superado pelo Espanyol fora de casa, vive momento de instabilidade na temporada e vê Atlético empatar na liderança

O Real Madrid foi derrotado pelo Espanyol pelo placar de 2 a 1, na manhã deste domingo (3), e perdeu uma grande oportunidade de disparar na liderança da LaLiga. Agora, o clube vive uma sequência negativa de resultados somando todas as competições.

Raúl de Tomás e Aleix Vidal anotaram os gols dos mandantes, enquanto Karim Benzema diminuiu o marcador. É a terceira partida sem vitória do Real Madrid, duas pela competição nacional.

Portanto, o novo tropeço fez com que o Atlético de Madrid empatasse em número de pontos com o time merengue, dividindo a liderança com 17 pontos somados com 8 jogos disputados.

Lei do ex, Benzema e tudo mais

À primeira vista, o Real Madrid iniciou o confronto apresentando o que tinha de melhor naquela ocasião, com algumas mudanças devido a lesões, mas com os principais nomes no time titular. No entanto, com o passar dos minutos, mostravam que o cenário seria complicado.

Ao passo que seria seu primeiro ataque efetivo no jogo, o Espanyol conseguiu aproveitar a tradicional lei do ex. Aos 17 minutos, Vidal aciona Embarba em profundidade pelo lado direito, que cruza e Raúl de Tomás, acelera na passada, ganha de Vázquez e estufas as redes de Courtois: 1 a 0.

Depois que sofreu o gol, o time comandado por Carlo Ancelotti demorou a retornar para a partida e apresentava um vazio de ideias capaz de furar o sistema defensivo armado por Vicente Moreno.

Embora tivesse mais posse de bola, mais finalizações, o Real Madrid não ameaçava o gol defendido por Diego López. A saída de bola não fluía, as jogadas não eram concluídas com precisão e a pontaria não estava calibrada, deixando o resultado justo no primeiro tempo.

Nesse sentido, o treinador merengue fez uma alteração na equipe inicial para a volta do segundo tempo, tirando Camavinga e colocando Rodrygo, passando a atuar com três atacantes. Porém, as dificuldades persistiam e o Real Madrid era um time lento e sem alma.

Desespero e último suspiro do Madrid

Todavia, a dificuldade aumentaria com o segundo gol dos Pericos. Aos 60, Aleix Vidal arrancou pela meia direita, passou por Luka Modric e deixou Nacho na saudade com um drible desconcertante. Assim, o espanhol chutou cruzado para vencer Courtois, aumentando a vantagem: 2 a 0.

Por vezes, o Espanyol teve a chance de sacramentar a vitória em grande estilo, mas faltava categoria e frieza como aconteceu no gol de Vidal. Darder, por exemplo, saiu cara a cara com Courtois na grande área e chutou para fora. O castigo veio minutos depois.

Karim Benzema, apagado durante boa parte do jogo no setor ofensivo, deu um frescor para o time ao anotar mais um gol na competição. Aos 71 minutos, Jovic recebe lançamento pelo meio, ajeita com categoria e aciona o francês na ponta esquerda. O centroavante dribla dois defensores e bate colocado: 2 a 1 e nono gol do jogador na LaLiga.

O tento marcado, no entanto, não surtiu grandes efeitos no confronto. O Real Madrid até chegou marcar em uma oportunidade, mas no continuar da jogada foi marcado impedimento de Benzema.

Assim, o clube completava seu terceiro tropeço consecutivo somando todas as competições que disputa. Agora, o time encara dias de folga diante da Data Fifa.

Ficha Técnica:

Espanyol 2×1 Real Madrid
Data: 3 de outubro de 2021, domingo
Local: Estádio Cornellà-El Prat, Barcelona (ESP)
Gols: Raúl de Tomás 17′, Aleix Vidal 60′ | Benzema 71′

Espanyol: Diego López; Óscar (Vila), Gómez, Cabrera e Pedrosa; Bare, Vidal, Melendo (Morlanes), Darder (David López) e Embarba (Wu Lei); Raúl de Tomás; Técnico: Vicente Moreno

Real Madrid: Courtois; Vázquez, Militão, Nacho e Alaba; Valverde, Modric (Casemiro), Kroos (Jovic) e Camavinga (Rodrygo); Vinicius (Hazard) e Benzema; Técnico: Carlo Ancelotti