Em seu primeiro El Clásico comandando o Barcelona, o espanhol Quique Setién saiu derrotado pelo placar de 2 a 0. O trinador Blaugrana analisou a derrota do time catalão, e reconheceu a superioridade Blanca no segundo tempo. Confira algumas declarações do treinador:

Quais foram suas sensações sobre o jogo? “Fizemos um bom primeiro tempo. Eles foram melhores no segundo. Tínhamos controle sobre o jogo mas tomamos decisões erradas e isso nos prejudicou. Eles pressionaram e deu certo. Criamos chances mas não marcamos, eles marcaram. Agora é hora de parabenizar o adversário.”

As falhas de marcação: “Às vezes é normal falhar, mas somente quando o oponente o aperta como o Madrid fez. Fomos aconselhados a tocar a bola rapidamente para evitar essa pressão, mas não é fácil contra jogadores talentosos como esses”.

Seu time costuma a sofrer muito sem a bola, por quê isso acontece? “Talvez seja a característica desse time (Barcelona). Não é fácil atacar e defender ao mesmo tempo. Conseguimos controlar a bola muitas vezes. São fases dos jogos pelos quais se passa e, no final, depende um pouco da sorte que você tem”.

Por qual motivo Messi não foi decisivo? “Temos outros jogadores, mas é verdade que Messi é muito importante. Não devemos ficar obcecados por ele ser o único jogador a marcar gols. Outros jogadores tiveram ocasiões.”

A perda da liderança: “Isso ainda não tem um grande significado. Podemos dar a volta por cima.”

Foto: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images.