Ancelotti elogia a equipe: “Fomos mais agressivos na frente”

Ancelotti elogia a equipe: "Fomos mais agressivos na frente"

Ancelotti vibrou com a intensidade da equipe, além de destacar atuações individuais de Karim Benzema e Marco Asensio

Carlo Ancelotti ficou contente com o desempenho de sua equipe após a vitória por 6 a 1 do Real Madrid frente ao Mallorca, na noite de quarta-feira (22), no Santiago Bernabéu pela LaLiga. Ainda assim, vibrou com a intensidade que o time pôs no jogo.

“Começamos bem. Alternamos o jogo com pouca e muita intensidade. Fomos mais agressivos na frente. Não tínhamos trabalhado nisso, mas conversamos e os jogadores entenderam bem”, declarou.

Desde que assumiu o comando, o treinador tem sido elogiado pela forma de conduzir a equipe e tratar os jogadores. Assim, o italiano foi questionado como ele trabalhou para deixar os atletas melhores.

“Dou tudo o que posso, dou-lhes a minha experiência, a minha confiança. É uma equipe que aprende rápido, que tem qualidade…”.

Nesse sentido, ele destacou as atuações de Marco Asensio, primeira vez como titular da equipe e abordou temas como as rotações, Karim Benzema e o substituto para Casemiro.

Confira mais da coletiva de Ancelotti:

Boa noite: “Os jogadores que não jogaram muito estavam preparados e é um excelente sinal para toda a equipe”.

Asensio: “Ele pode ir muito bem ali, naquela posição entre as linhas. É uma posição em que ele pode causar muitos estragos, porque tem qualidade, chuta muito bem, combina muito bem com os atacantes. Acho que essa é a posição dele”.

Benzema: “Tudo o que disse que Benzema faz temos que acreditar”.

Benzema e os descansos: “O Karim está muito bem. Marcou oito gols e isso pode fazer-nos esquecer o quão bem joga. É completo em todos os aspectos. No dia em que estiver cansado colocarei o Jovic, que está muito bem. Mas é claro, tem uma grande competição”.

Sem Casemiro, Kroos e Modric: “O futuro do Madrid está garantido com Valverde, Camavinga, Blanco… Mas acho que o presente também está com Casemiro, Kroos e Modric. Temos um meio-campo muito forte em todos os sentidos”.

Reserva de Casemiro: “Há muitos jogadores que podem fazer ali. O nível defensivo do Casemiro é o mais elevado. Numa equipe ofensiva, o Casemiro é quase indispensável. Camavinga, Kroos, Fede podem jogar ali, mas ninguém o faz defensivamente como Casemiro”.

Juventude: “Temos uma boa mistura, mas não podemos esquecer que a experiência é muito importante. O que gostei é que os jogadores que jogam pouco estão prontos”.