Camavinga falou ao L’Équipe sobre suas conquistas no time merengue com apenas 19 anos e vinda de Tchouaméni na próxima temporada

Nessa quarta (1), Eduardo Camavinga em entrevista ao L’Équipe falou sobre sua temporada no time blanco e expectativa para contratação de Tchouaméni. Com apenas 19 anos, acumula no currículo a Supercopa da Espanha, a LaLiga e a Liga dos Campeões, sendo uma contratação da última temporada.

A princípio, Camavinga explicou seu sentimento: “Ainda estou em um sonho. Acho que no momento não percebo o que consegui e é possível que ocorra durante as férias. Direi a mim mesmo: que loucura”. Além disso, falou sobre dividir isso com sua família: “Foi muito forte viver isso com minha família em campo após o jogo. Lembro-me especialmente de tirar uma foto com meu irmão e colocá-la diretamente como papel de parede do meu telefone”.

Ainda sobre comemorações, relembrou Cibeles: “Já tive a oportunidade de ir a Cibeles comemorar a La Liga e voltei para a Liga dos Campeões. Você vive emoções enormes, mas depois tem que saber dar sentido às coisas e voltar ao trabalho”.

Por outro lado, discutiu novas contratações como a do compatriota Tchouaméni: “É divertido, com certeza! É um jogador que já conheci na seleção. Espero que venha para Madri. Não sei exatamente como está a situação, mas já falei com ele. Verei o que acontece nos próximos dias”.

Ainda assim, apesar das grandes conquistas, o camisa 25 tem grandes planos: “Quero ganhar o maior número de títulos possível. Quero ganhar mais, também existem outras competições, não quero descansar nas minhas conquistas. Quero ganhar várias Ligas dos Campeões, sim, cinco como Karim!.

Por fim, declarou acerca da sua ausência no time principal francês: “O treinador toma as suas decisões e eu apenas as aceito. Então, claro, eu teria preferido estar na equipe principal”.