Courtois: “Não fico surpreendido em estar fora do The Best”

Courtois: "Não fico surpreendido em estar fora do The Best"

Peça importante do Real Madrid, Courtois analisou o duelo contra o Sheriff e comentou sobre não ser indicado aos melhores goleiros do mundo no The Best da FIFA

Thibaut Courtois compareceu na coletiva de imprensa na prévia da partida contra o Sheriff nesta quarta-feira (24), válida pela quinta rodada da fase de grupos da Champions League (17:00h). O camisa 1 elogiou a equipe adversária, comentou sobre a defesa do Real Madrid, além de se manifestar sobre sua ausência na lista dos melhores goleiros do mundo pelo The Best.

Primeiramente, Thibaut analisou: “Temos uma partida difícil. O Sheriff defende bem e no contra-ataque são perigosos. Já vimos em nossa casa. Vamos tentar fazer outra boa partida e assim ganhar para nos classificar para a fase seguinte”.

Em seguida, o goleiro falou sobre premiações: “Os troféus coletivos são mais importantes que os individuais. Prefiro ganhar este ano Champions e LaLiga antes do que ganhar os prêmios individuais. Não me surpreende o The Best pelos comentários que fiz há um mês. Eu sei o meu valor e, dessa forma, o que estou fazendo para o clube. Isso é o que importa, o reconhecimento dos companheiros e o clube. Não sou quem decide e há grandes goleiros neste prêmio. Que deem para o melhor e pronto”.

Confira outras declarações

Importância da partida: “Jogamos uma partida importante. Hoje em dia não há partidas fáceis, pois já não existe isso que vá ganhar de um rival menor. Sabíamos antes da partida de ida, que defendiam bem e que contra-atacavam com velocidade. Nesta partida nos faltou o gol. Eles com um contra-ataque marcaram e depois metem um golaço, pode acontecer. Teremos que estar concentrados, agressivos e temos que mostrar que vimos para ganhar”.

Não sofrer gols: “Em algumas partidas tivemos um pouco de azar ao sofrer gols. Contra o Granada uma bola desviada e contra o Elche um gol que dava para evitar. Estamos defendendo bem como equipe. Os gols que sofremos são nos últimos minutos. As vezes nos descuidamos, mas dominamos as partidas e defendemos bem. Gostaria de ganhar por 0x4. Estamos fazendo gols e isso é um sinal de que estamos jogando bem e gerando perigo. Se podemos adicionar não sofrer gols, ajudaria em partidas mais complicadas”.

Eden Hazard: “Na última semana não treinou muito porque estava doente. Conheço ele há muito tempo e sei que seu sonho é jogar no Real Madrid. Fico com pena que as coisas não estão saindo como todo mundo quer. Vejo ele com vontade, alegria, querendo ajudar a equipe e buscando crescer. Não é fácil quando não joga durante os últimos dois anos e meio e voltar a teu melhor nível. Vai conseguir com treinamentos e partidas”.

“Ele fará bem quando o Mister lhe colocar. Vai contribuir muito para a equipe e não podemos esquecer a qualidade que Eden tem. Estão esquecendo o jogador que ele é e demonstrou na sua carreira que é um dos melhores do mundo. Esse talento e qualidade não se vão tão fácil. Não podemos esquecer ou matar ele porque não é um jogador qualquer”.