JAUME ROURES, dono da media pro, DOOU 30 MILHÕES DE EUROS PARA fundo bancário de laporta, novo PRESIDENTE DO BARCELONA

Jaume Roures, co-fundador e dono da Mediapro, empresa que detém os direitos de transmissão da LaLiga, doou 30 milhões de euros para fechar o passe de garantia bancária de Joan Laporta a presidência do Barcelona.

Veículos espanhóis divulgaram a informação nesta quarta (17), dia em que Joan falou pela primeira vez em coletiva como novo presidente do Barcelona. Roures, doou a quantia que faltava dos 125 milhões que Laporta devia apresentar aos bancos como garantia para assumir a presidência culé.

O apoio ao clube culé não é novidade, entretanto a doação gerou burburinhos porque a Mediapro não vem “boa das pernas” nos últimos meses. No fim de 2020 eles entregaram os direitos de transmissão da Ligue 1, da França, por pagamentos dos atrasados e tiveram que recorrer ao ICO (banco de crédito publico) para abafar uma dívida de 713 milhões de euros.

A principio, especula-se que Roures, em nome da Mediapro, pedirá ao SEPI (fundo de apoio a empresas) nos próximos dias um resgate de 300 milhões de euros para salvar o grupo de transmissões.

Amizade com Tebas, apoio a Laporta e conselhos sobre Mbappé e Haaland

Javier Tebas y Jaume Roures, presidente de LaLiga y Mediapro, respectivamente.
Javier Tebas e Jaume Roures, presidente da LaLiga e da Mediapro, respectivamente.

Javier Tebas, presidente da LaLiga elogiou Laporta em conversa com a Europa Press, agencia de notícias espanhola. “A maior crise do Barcelona, maior do que a econômica, era institucional. Eles precisam de estabilidade e acredito que Laporta, com toda a equipe que o acompanha, vai começar a colocar este grande clube no rumo”. Ao referir-se a ‘toda equipe’, Tebas fala especificamente do conjunto de empresários dentre os quais está Jaume, seu amigo de longa data.

Em entrevista ao El Partidazo, Jaume disse que nem Barcelona e nem Real Madrid deveriam, no sentido de conselho, investir um grande valor na contratação de um jogador na próxima janela devido a crise pela Pandemia: “Se formos sérios, nem Barcelona nem Real Madrid podem contratar Haaland e Mbappe agora”.

A declaração sobre Mbappe e Haaland pode ter segundo interesse. O Barcelona vive a pior crise financeira de sua história e o clube merengue não contrata a duas janelas, tendo dinheiro em caixa.

El Confidencial divulgou também nesta quarta (17) que Laporta estuda a possibilidade de trazer Kun Aguero, insatisfeito no Manchester City para o Barcelona. A estratégia ajudaria a convencer Messi a renovar, o PSG a segurar Mbappé e incentivaria o Manchester City a ir atrás de Haaland.

Outro campeonatos da Mediapro

Além da LaLiga e da segunda divisão espanhola, a Mediapro também detém direitos da Europa League, Champions League, Campeonato Alemão, Libertadores da América, dentre outros.

Vale lembrar que o Real Madrid, Barcelona e o Athletic Bilbao não assinaram com a Mediapro para os direitos do Campeonato Espanhol Feminino. Alegaram que o valor pago era muito abaixo do aceitável. Também não concordam em como a Mediapro conduz as transmissões da categoria no país. As equipes transmitem suas próprias partidas em casa.