O atual jogador do Barcelona e da seleção espanhola, Ferran Torres, abriu os microfones em entrevista televisiva

Ferran Torres, jogador do Barcelona, analisou a atual situação do clube catalão e da seleção espanhola junto com Juanma Castaño em entrevista ao vivo para o programa “El Partidazo” da Cadena COPE. Nesse sentido, ao ser questionado, Ferran acredita que Robert Lewandowski pode vir a ser a principal contratação do Barça nesta temporada, e se mostrou muito animado com essa hipótese.

“O fato de Robert Lewandowski estar motivado para vir para Barcelona é motivo de orgulho. Espero que cheguem a um acordo e que ele possa vir”, diz Ferran.

Saída do Manchester City e primeiro ano em Barcelona

Em seu primeiro ano em solos catalães, Ferran reconheceu que foi um ano difícil por diversos motivos, sendo a sua saída do Manchester City, a lesão média-grave sofrida por ele e a situação atual do Barcelona os principais motivos. O jogador valenciano frisa que chegou ao clube com entusiasmo, apesar de saber fase ruim que o clube vem enfrentando nas últimas temporadas, com problemas no elenco e um time pouco competitivo.

“Eu sabia de onde eu estava vindo, que o clube estava em um momento complicado e que então tínhamos que dar o nosso melhor para nos classificar para a Liga dos Campeões, porque se não fosse um fracasso, e o objetivo que cumprimos. Agora, pense na próxima temporada e assim tente ganhar títulos”, explicou

Má-fase e jejum de gols

Diante do cenário de sua chegada, Ferran foi alvo de muitas críticas relacionadas as constantes eliminações e atuações ruins do clube nas competições, e uma crítica singular insistente: a sua falta de gols.

“Eu não tenho sido sobrecarregado, eu estava muito calmo. Sou um ala, não um atacante, mas tenho um gol e quando posso também tenho que dar assistências”.

Estou orgulhoso por ter dado mais trabalho à equipe além do gol. Sou um jogador ambicioso e quando falho, quero aprender. Eu não como a minha cabeça porque você pode terminar mal, eu reviso as peças para poder melhorar”, explicou Ferran Torres a Juanma Castaño.

Por que Ferran Torres recusou o Real Madrid?

O ponto alto da entrevista, que aguçou a curiosidade tanto da mídia, quanto de torcedores e adeptos foi o fato de Ferran Torres optar a cidade de Barcelona ao invés dos ares da capital, Madri. O jogador afirma que quando mais jovem, teve diversas oportunidades de assinar com o Real Madrid, mas acredita que não era o momento.

As principais razões para isso, se deram pelos acontecimentos daquela época. Nesse sentido, o jogador tinha acabado de se firmar no time titular do Valencia e foi convocado para compor o elenco da Espanha na Copa do Mundo. Segundo o jogador, o era então propício para continuar sua estabilidade em Valencia perto de sua família e amigos.

“Quando eu era jovem tive várias oportunidades de assinar com o Real Madrid, mas vimos que não era o momento; em um eu estava na Copa do Mundo e fui para o primeiro time de Valencia e acho que foi bem. Os outros três são menores e você dá mais importância para estar mais perto de casa e decidimos seguir minha família e eu”, afirmou

https://twitter.com/partidazocope/status/1534304064535658497?ref_src=twsrc%5Etfw%7Ctwcamp%5Etweetembed%7Ctwterm%5E1534304064535658497%7Ctwgr%5E%7Ctwcon%5Es1_&ref_url=https%3A%2F%2Fwww.marca.com%2Ffutbol%2Fbarcelona%2F2022%2F06%2F08%2F62a03814ca4741c23c8b45bc.htm