Pular para o conteúdo

Mbappé adia sua decisão e renovação com o PSG congela

Direção de futebol do Paris Saint-Germain espera uma resposta rápida de Mbappé, que não parece disposto a acelerar o processo

O jornal francês L’Équipe apontou que Kylian Mbappé adiou sua decisão sobre a renovação de contrato, mesmo com pressão da diretoria do clube francês. Leonardo, diretor esportivo do PSG, disse à rádio France Bleu que resolveria a renovação de Mbappé em breve. A postura do francês, entretanto, não indica que esse será o caminho.

A pressa do clube parisiense só se intensifica à medida que o contrato de Mbappé se aproxima do fim: julho de 2022. Caso Kylian recusasse a renovação, o PSG tentaria vendê-lo o mais caro que conseguisse. Desse modo, a meta seria conseguir por volta de 200 milhões de euros na próxima janela de transferências. Caso contrário, o francês sairia de graça ao final de seu contrato.

Mauricio Pochettino, técnico, e os dirigentes do Paris Saint-Germain reforçam a importância de Mbappé para a equipe e o projeto. A importância do jogador leva o clube parisiense a querer esse assunto finalizado até as quartas de final da Champions League. Contudo, Mbappé sabe que está em vantagem na negociação por ter mercado fora de Paris e menos de 1 ano e meio de contrato.

O jornal The Athletic apontou que o problema na negociação com o PSG é o salário pedido: 700 mil euros por mês, ou 36 milhões de euros anuais. Desse modo, Kylian ganharia tanto quanto Neymar, compartilhando o posto de maior salário do PSG.

Valor assustou o Manchester City, por exemplo, que desistiu da contratação de Mbappé por causa dos valores pedidos, já que Guardiola não quer problemas em seu vestiário.

E o Real Madrid?

Valores que Mbappé pede também seriam um impeditivo para o Real Madrid, visto que o clube não está disposto a fazer loucuras para contratar jogadores. Os maiores salários do clube merengue, Bale e Hazard, são de 30 milhões de euros. Em adição, o presidente Florentino Pérez vem em um movimento de aliviar a folha salarial. Esse movimento, inclusive, emperrou negociações de contrato de Sérgio Ramos e de Lucas Vazquez.

Dessa forma, a contratação de Mbappé não depende exclusivamente do caixa do Real Madrid para contratações, mas também do orçamento para salário. Mesmo sem com um valor de transferência, a ida de Kylian para Madri precisa de grandes saídas no elenco do clube madridista para preservar a saúde financeira. Com o elenco e o caixa de hoje, contratar Mbappé seria inviável.