Pular para o conteúdo

Vinicius decide com Kroos ‘masterclass’ e Real Madrid derrota Liverpool

Vinicius é decisivo com dois gols e com um Toni Kroos garçom, Real Madrid dominou Liverpool e abriu ótima vantagem no jogo de ida. Na volta, Madrid pode empatar e perder por até um gol de diferença que avança as semi

O Real Madrid não deu chances para o Liverpool nesta terça-feira (6) e com uma noite iluminada de Vinicius Júnior e Toni Kroos inspirado, venceu os ingleses por 3 a 1, no Alfredo Di Stéfano e abriu uma ótima vantagem nas quartas de final da Liga dos Campeões, podendo perder por até por um gol de diferença em Anfield que se classifica.

Os gols merengues foram marcados por Vinicius, duas vezes e Marco Asensio, enquanto Mohamed Salah descontou para os Reds. As duas equipes voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (14), na Inglaterra.

Contudo, no meio do caminho, o Real Madrid tem pela frente o Barcelona pelo ‘El Clásico’ no sábado (10) pela LaLiga que influencia diretamente na briga pela competição nacional.

Prazer, Toni Kroos

Primeiros quinze minutos de um jogo bastante congestionado, mas com o Real Madrid inicialmente encontrando alguns espaços deixados na recomposição do setor defensivo do Liverpool. No entanto, apenas uma chance perigosa foi construída na cabeçada de Vinicius após cruzamento de Mendy, mas a finalização foi à esquerda de Alisson.

Depois de alguns minutos monótonos com erros excessivos de passes por parte de Liverpool e alguns do Real Madrid, o meia Toni Kroos decidiu colocar a bola no chão e dar ritmo ao jogo e principalmente, prestigiar quem assistira ao jogo.

Aos 27 minutos, o camisa 8 pegou a bola no campo de defesa e deu um lançamento ‘a la NFL’ com sua maior maestria deixando Vinicius Júnior frente a frente com Alisson e o brasileiro não teve dificuldades para finalizar e abrir o placar: 1 a 0.

A postura dos Reds estava estranha, confusa e gerando facilidade do Real Madrid que passaria a controlar e ameaçar mais o time inglês.

E por obra do destino – ou não -, a bola escolheu novamente Kroos para acertar um lançamento na medida para Alexander-Arnold errar o cabeceio no recuo e deixar Asensio livre para chapelar Alisson e marcar o segundo gol merengue: 2 a 0.

Asensio teve frieza para encobrir Alisson e marcar seu gol. (Foto: Bagu Blanco/BPI/Shutterstock/Imago Images)

Liverpool aceso e Vinicius Júnior decisivo

Parece que a conversa no intervalo com Jürgen Klopp surtiria efeito nos jogadores que retornaram com ‘sangue nos olhos’. Aos 51 minutos, Wijnaldum arrancou bem pelo meio, deixou Casemiro para trás e acionou Diogo Jota e deixou Salah sozinho e chutar com força, vencendo Courtois: 2 a 1.

O gol reacendeu a equipe dos Reds que começava a incomodar o sistema defensivo merengue, mas que não conseguia finalizar com tanta precisão que o trio ofensivo é capaz de fazer os gols.

Depois de lances de humildade além do previsto para Diogo Jota e Marco Asensio, o brasileiro Vinicius Júnior resolveu aparecer novamente e ser decisivo a ponto de marcar seu doblete.

Aos 65 minutos, Benzema recebeu na ponta direita e abriu um espaço enorme no meio da área e o passe para Modric foi essencial para o croata descobrir Vinicius como um falso centroavante e o brasileiro finalizar de primeira para vencer Alisson, de novo e aumentar a vantagem: 3 a 1.

O Liverpool tentou encontrar novamente um gol para deixar o confronto aberto para a próxima semana, mas com um tridente sólido e com os erros de passe e a pressa sendo inimiga da perfeição, os ingleses sucumbiram na primeira partida. Por outro lado, o Real Madrid vai com uma enorme vantagem para Anfield em busca de mais uma semifinal de Champions League.